Cessna 337 Skymaster – The Push Pull

Você já ouviu falar do Cessna 337 Skymaster ?

Conhecido como Puxa-Empurra (Push Pull), o Cessna 337 Skymaster é um avião de função para uso pessoal e de táxi aéreo.

 

Essa aeronave possui dois motores instalados na fuselagem, um no nariz e outro na parte traseira da fuselagem. 

 

O que elimina os problemas de assimetria de tração que tanto dificulta a pilotagem de aeronaves bimotores convencionais em caso de pane de um dos motores.

 

Devido ao fato de possuir hélices tratora e impulsora, foi denominado o apelido de puxa-empurra.

 

A configuração diferente do Cessna 337 o tornou uma aeronave mais fácil de voar, de acordo com a filosofia da Cessna de produzir aeronaves que pudessem ser utilizadas quase como uma carro de passeio.

 

Com certeza a tentativa do projeto push-pull foi de grande sucesso comercial, pelo menos em termos de números construídos. 

 

E embora o 337 Skymaster não seja o modelo mais popular já comercializado, ele recebeu aprovação em sua linha de série e alcançou seu objetivo principal. 

 

Eliminar o impulso assimétrico e simplificar a carga de trabalho do piloto no caso de uma falta de motor foi um dos principais motivos da criação desta aeronave.

 

O modelo de seis lugares, sendo eles um para o piloto e cinco para os passageiros, foi fabricado de 1963 a 1982 em várias variantes civis e militares, totalizando 2.993 unidades.

 

A versão militar da Força Aérea dos Estados Unidos foi designada O-2. Um grande aliado das forças aéreas americanas, porque o 337 foi usado como uma aeronave de reconhecimento na Guerra do Vietnã.

 

O primeiro modelo do Skymaster a ser produzido foi o 336 Skymaster, que tinha trem de pouso fixo e voou pela primeira vez em fevereiro de 1961. 

 

Entrou em produção em maio de 1963 e ficou em produção por cerca de um ano apenas, com 195 exemplares produzidos.

Essa aeronave entrou em produção em 1965, e permaneceu na linha de produção até 1982, com um total de 2.993 aeronaves produzidas, incluindo um modelo militar O-2 para a USAF.

 

A máquina passou quase 15 anos em uma garagem, depois de várias paradas com pilotos amadores, antes de voltar à vida em 2007.

 

Características técnicas desta aeronave

 

  • Motor(es): 2 x Continental ou Rolls-Royce turbo comprimidos
  • Potência (por motor): 210 hp (157 kW)
  • Velocidade máxima: 320 km/h (173 kn)
  • Velocidade de cruzeiro: 260 km/h (140 kn)
  • Envergadura: 12,1 m (39,7 ft)
  • Peso vazio: 1 204 kg (2 650 lb)
  • Peso carregado: 2 000 kg (4 410 lb)

 

Mais um breve texto para você, amante da aviação!

 

 

 

 

fonte

 

https://en.wikipedia.org/

https://www.flyingbulls.at/

https://www.avweb.com/

https://www.skybrary.aero/